Atenção Navegante, cuidados no Canal do Estuário.

Local do crime fica entre Guarujá e Santos, no acesso ao porto (Foto: José Claudio Pimentel/G1)

Dois homens armados em uma embarcação de pequeno porte invadiram um veleiro e roubaram os dois tripulantes a bordo na noite de quinta-feira (1º), no Canal do Estuário, que serve de acesso a marinas de Guarujá e ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo. A dupla fugiu, mesmo após o acionamento da polícia.

O crime ocorreu em frente à Fortaleza da Barra, pouco antes das 21h. Dois velejadores retornavam para uma marina, quando uma embarcação de alumínio verde, que transportava os dois criminosos, aproximou-se do barco. Os assaltantes, armados, anunciaram o roubo e as vítimas acabaram se rendendo imediatamente.

A ação foi rápida, conforme o relato dos próprios velejadores, que não se feriram. Os criminosos levaram a carteira com documentos e a corrente de ouro de uma das vítimas. Em seguida, fugiram em direção à comunidade de Santa Cruz dos Navegantes, localizada às margens do Canal do Estuário, também em Guarujá.

Os velejadores conseguiram acionar socorro e, momento depois, chegaram em segurança em uma marina na cidade. Equipes do policiamento de área foram ao local e apuraram as primeiras informações. Nesta sexta-feira (2), policiais da Companhia Marítima da Polícia Militar Ambiental (PMA) fizeram uma varredura na área.

As vítimas foram orientadas a registrar ocorrência e identificar possíveis suspeitos na Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Santos, responsável pela apuração de casos no mar. Até o início da tarde, não havia informações se algum suspeito de cometer o crime havia sido preso ou reconhecido pelos velejadores.

Veleiro ‘Azul Marinho’ também foi alvo de criminosos em Guarujá, SP

Roubos no mar

Ao longo de 2017, uma série de crimes semelhantes foram registrados na região. Uma imagem obtida pelo G1 mostra o trio suspeito de cometer os assaltos no mar e a embarcação utilizada por eles. A polícia pede que outras vítimas dos assaltos registrem boletim de ocorrência.

Em 13 de maio, três pescadores foram obrigados a abandonar uma lancha nas proximidades da Ilha das Palmas, também em Guarujá, durante um assalto. Armados, três rapazes em um barco de alumínio se aproximaram, anunciaram o roubo e fugiram com os bens das vítimas.

Em 22 de maio, três rapazes armados invadiram uma embarcação que realizava levantamentos hidrográficos no canal de navegação do Porto de Santos, na mesma região. Equipamento avaliados em até R$ 200 mil foram roubados pelos criminosos, que fugiram em um barco.

Policias localizaram a lancha escondida em meio a um mangue em Guarujá (Foto: G1)

Em 2 de junho, uma embarcação com cerca de 30 pessoas, entre crianças, adultos e idosos, foi invadida e saqueada por criminosos armados em Guarujá. As vítimas retornavam de uma festa junina em uma ilha e tiveram bens roubados. Ninguém se feriu.

Em 3 de junho, um trio, também em uma embarcação de alumínio, abordou um velejador e saqueou o barco dele em frente à Fortaleza da Barra, entre Santos e Guarujá, no acesso ao cais. Assim como as demais, a ação foi rápida e durou menos de dez minutos.

Nesse intervalo, outro veleiro foi invadido enquanto saía de uma marina na mesma região, durante a madrugada, por um trio que aparenta ser o mesmo das demais ocasiões. Os tripulantes seguiriam viagem para o Rio de Janeiro e tiveram que adiar a partida.

Foto mostra quando grupo chegava a ilha em Guarujá (Foto: Maria Regina Freire Martins/Arquivo Pessoal)

Fonte: José Claudio Pimentel G1

 

You may also like...

Você não pode copiar o conteúdo desta página

error: O conteúdo está protegido!