Locação de temporada: negócios são alvo de golpe pela internet

Sol, praia e uma boa reunião com amigos ou com a família é o sonho de muita gente para o próximo verão. E a chegada das festas de final de ano aquece também o mercado de locação de temporada. Muitas pessoas já estão acertando os detalhes para garantir um imóvel confortável e um preço que não pese no bolso para passar o Natal e o Réveillon nas praias paulistas.

No entanto, é justamente nessa época que as festas podem vir acompanhadas por surpresas bem desagradáveis. Ao buscarem por imóveis para alugar por meio de sites na internet, muitos turistas acabam caindo no famoso golpe da locação. Os anúncios, em geral, mostram casas ou apartamentos amplos, arejados, próximos às praias e com diárias bem acessíveis. O interessado fecha, então, o negócio, deposita um sinal e, a partir daí, não consegue mais contatar o locador do imóvel. Perde o valor depositado e o ânimo para comemorar o final de ano! Pior, ainda, quando faz o depósito e descobre, ao chegar no endereço, que o imóvel não existe ou sequer estava para locação.

Segundo o presidente do CRECISP, José Augusto Viana Neto, nunca se deve adiantar pagamentos antes que se confirme pessoalmente a existência do imóvel e o seu real estado de conservação. “Aconselhamos que os interessados aluguem por meio de corretores ou imobiliárias, firmando um contrato de locação com garantias para que não tenham prejuízos. A internet é um campo aberto para todos os tipos de golpes, como os que ocorrem com falsos fiadores, por exemplo. Por isso, não se deve confiar nos anúncios sem que se faça uma checagem prévia para garantir a lisura do negócio.”

Fonte: Internet e CRECISP

 

You may also like...

Leave a Reply

Você não pode copiar o conteúdo desta página

error: O conteúdo está protegido!