FEIRAS LIVRES

Feiras Livres

 

Atualmente, em Guarujá, as feiras-livres funcionam em 18 pontos espalhados em todas as regiões da Cidade, envolvendo 154 feirantes. Para que as normas legais que garantem a realização das feiras sejam cumpridas, uma equipe de fiscalização da Prefeitura de Guarujá vem mantendo contato e apoio permanente aos feirantes do Município.Além de opção de compras, as feiras-livres em Guarujá são geradoras de empregos: entre 700 e mil pessoas trabalham na comercialização e montagem das barracas. Vale ressaltar que algumas localidades têm sua peculiaridade: a “feira de domingo” – mais famosa de todas, têm maior movimentação e é bastante freqüentada por quem procura também comida e cultura nordestina.

Confira os locais de feiras-livres

HORÁRIO – das 06 às 13 horas

1- Segunda-Feira

Rua Bandeirantes – Enseada (Vila Rã)

2- Terça-Feira

Rua Ceará – Jardim Santense

Rua Helena Correa dos Santos – Vila Zilda

Rua Bidu Sayão – Perequê

Rua Rubens de Sá – Jardim Progresso

3- Quarta-Feira

Avenida. Miguel A Gonzalez – Astúrias

Avenida Santa Maria e Romão Salgado – Vila Júlia

Avenida do Bosque – Praia Pernambuco

Rua Carmosina de Freitas – Santa Cruz

Rua Afonso Nunes – Jardim Boa Esperança

4- Quinta-Feira

Rua Manoel Domingos Cravo – Santa Rosa

Rua Odilon Maximiliano dos Santos – Morrinhos Ii

5- Sexta-Feira

Avenida Las Palmas – Santo Antônio

Rua Argentina – Vila Baiana

6- Sábado

Rua Tambaú – Parque Estuário

Avenida Atlântica – Enseada (Unaerp)

7- Domingo

Rua Joana de Menezes Faro – Monteiro da Cruz

 

Curiosidades das feiras-livres de Guarujá

50% das feiras-livres da Cidade funcionam terça e quarta-feira

Mais de 30% das feiras-livres estão em Vicente de Carvalho

180 a 200 feirantes atuam em Guarujá

R$ 1,50 é o valor médio de um pastel nas feiras-livres de Guarujá

Feirantes deficientes são isentos de Taxa de Licença

2 a 15 metros é o tamanho permitido para as barracas

A licença para barraca de 10 metros custa aproximadamente 1 mil reais

A feira de domingo – Rua Joana de Menezes Faro, é a mais famosa e tradicional da Cidade

4h30 é o horário que os trabalhadores começam a montar as barracas

 

Fonte: PMG

Você não pode copiar o conteúdo desta página

error: O conteúdo está protegido!