Prefeito de Guarujá teme por cenário da pandemia na região: ‘Pode ter gente morrendo nos corredores”

Prefeito de Guarujá teme por cenário da pandemia na região: ‘Pode ter gente morrendo nos corredores”

O prefeito de Guarujá, Válter Suman (PSB), convive com um sentimento ambíguo. Ao mesmo tempo em que celebra a campanha de imunização contra a covid-19 no município, o chefe do Executivo teme por uma piora no cenário da Saúde na Baixada Santista.

“Eu estou muito preocupado. Tenho temor que, nesta semana, possa ter gente morrendo nos corredores”, relatou Suman, em tom de desabafo. Segundo ele, Guarujá atingiu 90%

de ocupação dos leitos covid.

O pessebista apelou para que a população tenha uma maior conscientização e siga as medidas de prevenção ao coronavírus, além de respeitar as medidas restritivas impostas a partir de terça-feira (23), no que ele classicou como um “lockdown consciente”. Para o

prefeito, não chega a ponto de ser um lockdown, mas é como se fosse uma bandeira preta.

“Eu não sei mais o que fazer. Nós fazemos campanha de conscientização. Pedimos para a pessoa utilizar máscara, respeitar o isolamento social. Colocamos aquelas faixas na praia, que tem um custo para o município. E eu recebo vídeos de um cara quebrando todas. Um ato de vandalismo a troco de que? São coisas que deixam perplexos”.

De acordo com Suman, o decreto com as novas medidas restritivas deve ser publicado na terça-feira. Segundo o prefeito, ele tem mantido conversa com os diversos setores para alertar sobre a necessidade de ações mais rígidas no combate à pandemia.

“Você acha que alguém toma uma medida dessa por prazer”? Que eu quero ter que mandar as pessoas fecharem comércio, lojas? Ninguém fica bem com uma situação assim.

Mas eu me reúno com eles. Eles podem até me xingar, reclamar, mas eu mostro qual é o verdadeiro cenário. Os enfermeiros com os rostos marcados, pessoas sem conseguir respirar, de barriga pra baixo. É necessário causar esse impacto para as pessoas possam pensar: ‘peraí, eu vou defender a vida, ou vou defender a morte?´

Previsão tardia

O prefeito, que é médico, relatou que a preocupação dele com a covid-19 existe desde fevereiro do ano passado. Ele comentou que, naquela época, já espera por um vírus com alto poder de disseminação.

“Eu mandei fechar a praia naquela época por iniciativa própria. Eu ia lá, brigava com a população pra não ir, pra usar máscara. Porque eu já imaginava o cenário de hoje, naquela época”, disse Suman, que ressaltou que é como se o coronavírus tivesse “tomado uma vitamina” neste momento, aumentando o seu poder de contágio.

Ao mesmo tempo que aposta nas medidas restritivas, Suman aguarda pelo acordo para compra de doses da vacina russa Sputnik V, junto ao consórcio de municípios. Segundo ele, Guarujá deve ter direito a 70 mil doses do imunizante.

Fonte: A Tribuna

You may also like...

Leave a Reply

Você não pode copiar o conteúdo desta página

error: O conteúdo está protegido!